Crianças no mercado digital: O seu negócio está preparado?

Atualmente a tecnologia faz parte do cotidiano da maioria das pessoas no mundo e mudou a forma como as relações humanas e o estilo de vida de todos se estabelecem. E isso inclui as crianças – se antes grande parte dos pequenos passava o dia brincando na rua com os amigos, hoje é cada vez mais comum vermos crianças dentro de casa na maior parte do tempo.

As crianças de hoje nasceram na era dos computadores, smartphones, tablets e, principalmente, da Internet — algo que as gerações anteriores só puderam ter um contato maior na adolescência ou já na fase adulta. O efeito disso é evidente: os pequenos têm muito mais facilidade e rápido aprendizado quando o assunto é tecnologia em relação aos mais velhos.

A inserção do universo digital no cotidiano infantil alterou as formas de brincar e os espaços necessários para brincadeiras, o uso do tempo livre, trouxe novas linguagens, desenvolveu novos consumos, além de ter trazido mudanças nas formas de ler e de escrever. Ou seja, as mídias e as tecnologias transformaram as brincadeiras das crianças e, consequentemente, alteraram a maneira que elas interagem entre si.

Segundo dados da Nielsen (Mobile Report), no mês de junho deste ano, 933 mil crianças de 2 a 5 anos de idade usaram a Internet por meio de um computador em sua casa. Em média, cada criança dessa faixa etária somou cerca de 3 horas e meia no mês navegando na Internet. Já as crianças de 6 a 11 anos, que usaram computador em casa (cerca de 4,6 milhões), ficaram em média 10h47min.

Mas o que as crianças tanto buscam na Internet?

No mundo virtual não há restrição: crianças e adultos compartilham da mesma realidade. Em apenas alguns cliques e palavras-chave, rapidamente pode-se obter acesso a todo e qualquer tipo de conteúdo. Mas então, o que elas acessam? A pesquisa de Mobile Report, da Nielsen, aponta que os três tipos de sites nos quais as crianças brasileiras passam mais tempo são os de vídeo, games e redes sociais. Em junho, em média cada criança da faixa de 2 a 11 anos, que usou Internet em casa por meio do computador, somou 6 horas e 10 minutos em sites de vídeos, 3 horas e 16 minutos em games e 2 horas e 18 minutos em redes sociais.

Mais do que saber quanto tempo as crianças passam em frente ao computador, é preciso também atenção dos pais para definir o que é útil ou não para a formação do público infantil!

 

Fonte: Nielsen

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *